AMIGOS DO CARINHO EM SELOS

quarta-feira, 26 de julho de 2017

Botando a cabeça para funcionar n 19 Minha participação



Brincadeira muito interessante, proposta pela Chica
Venham participar!


Imagem da semana:





O vento forte envergando o coqueiro imponente, fez lembrar da canção cantada por minha mãe, tão emocionada e infeliz.
Um coqueiro que, camuflava a solidão por entre suas muitas folhas no assoviar particular, como se fora o cenário de sua vida.
O deserto, o coqueiro, o mar ...
Tristes lembranças!


Autoria: Patrícia Pinna
Vídeo: You Tube
Imagens: Internet e do blog da Chica.


Quem quiser participar, basta ir ao seu blog

http://chicabrincadepoesia.blogspot.com.br/2017/07/botando-cabeca-pra-funcionar-n-19.html


Grata pelo carinho de todos!





quarta-feira, 5 de julho de 2017

Recomeço By Patrícia Pinna



Quando disse que recomeçar seria fácil?
Nenhuma vez dos meus lábios ouviu tal dito
No entanto, urge como o ar, absoluto
Não nascemos para vivermos em balões    
Precisamos respirar o ar puro saído de nossos pulmões
Quem disse não precisar de maestria para isso?
Precisamos de toda aceitação que o Universo deposita em nós, a fim de prosseguirmos.
Não é fácil, tem seu tempo, enxugamos lágrimas após termos cansado, quase adoecermos.
De que vale isso?
Talvez o momento em que precisemos nos libertar, passar, digerir, aos poucos, como um alimento que há muito não nos cai bem e insistimos em nos deliciar.
Contudo, haverá de ter um alimento que não nos seja nocivo,
que não nos cause tristezas mais do que alegrias.
Talvez nem tenhamos sido a ele apresentados, mas disso, se encarregará o destino, Deus, ou o que quisermos nomear.
Há inúmeras possibilidades do lado de fora do sofrimento, sendo a mais interessante darmos um tempo para nós mesmos, um socorro, nos tornarmos íntimos de nós, da esperança, da fé, da aceitação ao que vemos e nada mais podemos fazer após nossas mãos estarem sangrando de tantos os cortes sofridos, ferimentos recorrentes.
Nem a morfina dá jeito em suas imensas dores.
O bom é que o tecido se regenera, e ficam umas muitas cicatrizes, não diria poucas, porém, são pequenas, quase imperceptíveis, sempre lembrando de que foram necessárias.
Recomeçar é ter um fôlego de vida, é se sustentar num fino galho, contudo, forte, é estar aberto ao novo, respeitando a si e ao outro, é dar nova chance ao que os olhos ainda não veem, é repaginar da cabeça aos pês, um interior disposto, pode ser tímido enquanto luz, provavelmente o será por muitas luas, entretanto, raiará como o sol, cintilará como o brilho das estrelas, viverá um ciclo de lua-crescente, cheia, pronta!
Abrirá a porta, fitará o céu e descobrirá que nem tudo é mar!


Autoria: Patrícia Pinna
Todos os direitos autorais reservados
Vídeo: You Tube
Imagem: Internet.


domingo, 19 de fevereiro de 2017

Minha Participação na Blogagem Coletiva da Chica n 04


                             Vamos Brincar Com a Chica n 04?




























Muito bom interagir!
Quem quiser participar dessa brincadeira é só clicar no blog "Sementes da Chica".
Vamos nos exercitar???
Tenham todos uma semana abençoada de paz e luz!
Beijos na alma.

http://sementesdiarias.blogspot.com.br/


Espero que tenham gostado da minha participação!
Autoria das frases: Patrícia Pinna
Imagens: Internet e do blog da Chica.